MUNDÃO INCRÍVEL

Cerro El Cono a Suposta Pirâmide Com 400m de Altura Que Fica na Amazônia?

Avaliações
5/5

Cerro El Cono a Suposta Pirâmide Com 400 m de Altura, localizada na reserva de Sierra del Divisor, na divisa do Brasil com o Peru. O mistério do Cerro El Cono, a suposta pirâmide com 400 m de altura. Por décadas foram descobertas pirâmides em diferentes partes do mundo, que eram desconhecidas da humanidade. É possível que uma delas encontra-se na enigmática Amazônia, Cerro El Cono, na Sierra del Divisor, é uma espécie de ilha em formato de montanha que não pertence à cordilheira andina. 

Cerro El Cono a Suposta Pirâmide Com 400m de Altura Que Fica na Amazônia

 

Imagine se essas árvores têm em torno de 50 m de altura, é fácil perceber que a montanha tem mais de 400 m de altura. Fascinante!

Ela é uma formação muito mais antiga, destacando uma enigmática montanha de forma piramidal que emerge em uma planície amazônica virgem que cobre florestas que nunca foram exploradas pelo homem moderno. Esta misteriosa montanha em forma de pirâmide é conhecida como Cerro El Cono. E no momento é um enigma para os pesquisadores. A misteriosa Cerro El Cono que fica na reserva Sierra del Divisor é atualmente considerada um parque nacional graças ao decreto supremo decretado pelo governo do Peru. 

Cerro El Cono a suposta pirâmide com 400 m de altura e o parque reserva de Sierra del Divisor!

Cerro El Cono a Suposta Pirâmide Com 400m de Altura Que Fica na Amazônia?

Desta forma busca-se que este pulmão do planeta seja preservado e no futuro transformá-lo em um lugar de turismo experiencial. No entanto, esta imensa montanha está em um lugar difícil. Está na chamada selva baixa, bem na fronteira entre Brasil e Peru. Também há o limite com as regiões de Ucaiali e Loreto, uma área de reserva com um milhão e meio de hectares, onde a indígenas que vivem em isolamento voluntário, os Iconoas. Nesta região existem grandes fontes de água quente, que cai com outras águas frias que os nativos guardavam em segredo.

Essas enormes cachoeiras são fontes termais, pois possuem rochas que secretam enxofre que também servem como comida para papagaios, e alguns pássaros típicos da região. No local existem diferentes regiões administradas pelos municípios da região, e que poderiam chegar a ser um enorme tesouro turístico se tiver conservação adequada. Pois os povos nativos são extremamente zeladores da natureza. Um mundo inacessível geologicamente falando, a Sierra del Divisor constitui um dos mais antigos da amazônia, e tem paisagens tão maravilhosas quanto inacessíveis. 

Cerro El Cono, a suposta pirâmide com 400 m de altura e o ecossistema regional!

Mas o que pode se tornar mais surpreendente é que tem áreas de pouco ou quase nenhuma intervenção, com um alto grau de conservação. Essas áreas possuem ecossistemas e comunidades biológicas de espécies, flora e fauna endêmicas e distribuição restrita. Convertendo-o então em uma área de grande importância ecológica, possui também a única região montanhosa a leste de Ucaiali e Loreto, que se projeta da selva baixa com elevações isoladas. Porém, nenhuma dessas formações compara-se a estranha montanha que sobe solitário no meio da planície amazônica, alcançando 400 m de altura.

Esta estranha formação tem muitas peculiaridades, desde sua localização solitária bem no meio da planície, até mesmo sua misteriosa forma piramidal. Mesmo que alguns ditos especialistas digam com certeza ser uma estrutura totalmente natural. Existem muitas lendas e teorias sobre sua origem, gerando polêmica entre historiadores, teóricos e arqueólogos de fato. Especula-se que é uma antiga pirâmide artificial. Mas o que dizem os pesquisadores da associação Dakila de pesquisas composta de mais de 9 mil pesquisadores ao redor do mundo. E que está reescrevendo e investigando lacunas e teorias não confirmadas da história atual da humanidade utilizando métodos e tecnologias mais modernas. 

Cerro El Cono, e a relação com Ratanaba!

Segundo eles, pode sim ser parte do complexo de Ratanaba (VEJA MAIS AQUI) que se estende por toda a Amazônia, tendo sido desenvolvido pela civilização dos Murils, a primeira civilização da terra, e que falava o idioma Irdim. O problema é que esse lindo mirante está localizado em uma área remota, com acesso virtualmente zero, ao sul da área natural. E não é apenas sobre a dificuldade de acesso por via terrestre, a região possui clima chuvoso natural que dificulta até mesmo os passeios de helicóptero. Embora esta seja a única maneira de visitá-lo no momento.

A Amazônia continua guardando muitos segredos dentro de sua selva densa.    E o Cerro El Cono, a suposta pirâmide com 400 m de altura, é, sem dúvida, um deles. Histórias antigas, civilizações desconhecidas ou eventos históricos estão guardados a centenas, ou talvez milhares de anos. Mas e você, o que acha, pode ser realmente uma pirâmide? Deixe-nos o seu comentário.

Veja a matéria em vídeo no YouTube AQUI!

error: Content is protected !!

Descubra mais sobre Mundão Incrível

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue lendo