Personagens Bíblicos Viviam Muitos Anos, mas por que?

Avaliações
5/5

Personagens Bíblicos Viviam Muitos Anos, Mas Por que? 

Personagens Bíblicos Viviam Muitos Anos, Mas Por que?

Personagens bíblicos viviam muitos anos, quantas pessoas com mais de 100 anos você já conheceu? Nos tempos de hoje é raro vermos uma pessoa passar dos 100 anos, que dirá tendo lucidez. Mas se formos analisar os personagens da Bíblia eles viviam muito mais do que 100 anos. E alguns chegam a ter mais de 900 anos.

Mas por que os personagens da Bíblia viviam tanto tempo assim? 

A Bíblia e seus mistérios despertam a curiosidade e interesse de muitas pessoas. Muitos segredos talvez nunca sejam revelados, mas sempre haverá pessoas investigando e tentando descobrir a verdade. A grande dificuldade sempre será conseguir respostas, juntar as pessoas para enfim montar o quebra cabeça. Mas vamos lá, vocês já pararam para pensar porque personagens bíblicos viviam muitos anos? 

Os sete homens que viveram mais de 900 anos

Personagens Bíblicos Viviam Muitos Anos, Mas Por que?

Enoque por exemplo morreu quando tinha incríveis trezentos e sessenta e cinco anos de idade. Já em Gênesis são citados sete homens que nasceram antes do dilúvio dos dias de Noé e viveram mais de 900 anos. Esses sete homens são Adão, Sete, Enos, Cainan, Jarede, Matusalém e Noé. Talvez muitos de vocês não tenham ouvido nada sobre alguns desses homens. Mas segundo a Bíblia, todos eles estavam entre as primeiras dez gerações da história humana.

Desses exemplos podemos dar destaque à Matuzalém, segundo conta a Bíblia ele viveu 969 anos. Se isso for verdade, a terra já teve um homem que viveu quase um milênio. Na Bíblia também são citadas outras 25 pessoas que tiveram uma vida longa, sendo que algumas viveram 300, 400 e até mesmo 700 anos. Mas como isso é possível, porque essas pessoas viviam tanto. 

Hoje em dia, quando as pessoas chegam aos 40 anos, elas descobrem que não tem mais toda a vitalidade de uns anos atrás. E tem dificuldades até para correr, em alguns casos problemas de saúde mais sérios começam a aparecer. Aqui no Brasil temos alguns exemplos de pessoas que viveram muito tempo. A dona Maria Gomes Valentim por exemplo nasceu no dia 9 de julho de 1896 e morreu no dia 21 de junho de 2011. Vivendo 114 anos e 347 dias. 

Possíveis explicações da longevidade dos personagens bíblicos

Personagens Bíblicos Viviam Muitos Anos, Mas Por que?

Já a dona Ana Nogueira de Lucas, uma senhorinha que era muito simpática, nasceu no dia 20 de junho de 1896 e morreu em 18 de novembro de 2010 vivendo entre nós 114 anos e 151 dias. Essas são algumas brasileiras que viveram muito tempo, mas que mesmo assim não chegam nem aos pés do tempo em que Matusalém viveu.

A primeira explicação para a longevidade vem da Bíblia

Mas então vamos para algumas possíveis explicações para a longevidade dos personagens bíblicos. A primeira explicação vem da Bíblia mesmo, um fato teológico que podemos considerar é ligar à vida longa com a santidade. O livro sagrado cita que Deus reduz a idade dos seres humanos e que a longevidade é um dom do criador. 

Que é concedida para os que vivem segundo a vontade divina. As promessas divinas ligam o número de anos de vida com a observância dos mandamentos de Deus. A obediência humana a tais promessas garante ao homem muitos anos de vida aqui na terra dando a eles uma conservação física. Já em relação aos que não seguem os mandamentos, o juízo de Deus os pune com a velhice. 

Não existiam doenças na época bíblica?

Essa é uma das explicações de quem acredita fielmente na Bíblia. Mas existem outras que também são levadas em conta por várias pessoas e vamos enumerar cada uma delas pra vocês. A primeira é a de que na época simplesmente não existiam doenças. Quando Adão e Eva caíram do estado perfeito, levou um bom tempo até que surgissem as doenças. O que pode ter contribuído para a longevidade das pessoas daquele tempo. 

Será que a terra precisava ser povoada

Personagens Bíblicos Viviam Muitos Anos, Mas Por que?

Atualmente vocês sabem que grande parte da mortalidade do mundo inteiro se deve à doenças, algumas vezes levando pessoas mais cedo do que deveria. A segunda explicação é que a terra precisava ser povoada, como diz no gênesis. Portanto, se o mundo fosse povoado pela humanidade então a longa vida útil era necessária. Caso contrário levaria muito tempo para cumprir o mandamento de multiplicar se e encher a terra de pessoas. A terceira explicação envolve as condições climáticas da época.

Segundo pesquisas existia um dossel de vapor de água no planeta

Segundo estudiosos da área existia um dossel de vapor de água que rondava a terra antes do dilúvio de Noé. Este dossel teria produzido um efeito estufa global resultando em um clima mais ameno em todo o planeta. Esse dossel também supostamente protegia o homem dos raios do sol que contribuem para o processo de envelhecimento. Depois do grande dilúvio esse dossel despencou e não protegeu mais o homem trazendo então a velhice. 

Após o dilúvio o tempo de vida das pessoas caiu drasticamente por causa da falta do dossel de vapor de água que protegia da radiação. Mesmo que toda essa história seja possível, não existe qualquer evidência na Bíblia que confirme a existência desse dossel. Na verdade essa teoria foi criada por alguns teólogos para tentar explicar a longevidade das pessoas naquele tempo. Já a quarta explicação diz sobre a dieta das pessoas da época. 

Ou será que era uma dieta vegetariana?

Personagens Bíblicos Viviam Muitos Anos, Mas Por que?

Muitos dizem que comer bem é o que faz uma pessoa viver muito tempo certo! A dieta das pessoas na época teve um grande papel no tempo de vida delas. Estudiosos supõem que as pessoas eram vegetarianas antes do dilúvio. Depois disso, Noé e seus descendentes foram autorizados a comer a carne dos animais.

Com isso, a teoria diz que a mudança da dieta vegetariana para uma alimentação contendo carne vermelha ajudou na diminuição da expectativa de vida após o dilúvio. O problema com essa teoria é que não há evidências claras de que as pessoas eram vegetarianas antes do dilúvio. Mas então será que a longevidade das pessoas não poderia ser explicada por todas essas hipóteses! E se todas elas fossem verdadeiras, seria possível viver mais de 900 anos? 

O que a ciência diz sobre o assunto

Na verdade, caros amigos existem mais duas explicações que são as mais aceitas. Mas antes de citá-las, que tal vermos o que a ciência diz sobre o assunto. A comunidade científica diz que ninguém é capaz de bater o recorde da pessoa que viveu mais tempo na história. Em 1997 a francesa Jeanne Calment faleceu com os incríveis 122 anos e 164 dias de vida. 

Desde que ela morreu a tendência para as pessoas mais velhas têm sido em torno de 115 anos de idade. Se formos analisar os dados, mais pessoas estão vivendo em idade avançada nos dias de hoje. Conforme a assistência médica à nutrição e as condições de vida melhoram, a expectativa de vida média continua aumentando. Mas as coisas nem sempre foram assim. 

A expectativa de vida dos brasileiros por exemplo era de 45 anos no ano de 1940, em 1960 era de 52, em 1980 de 62, em 2000 era de 68 e em 2017 chegou a 76. Conforme os anos vão se passando muitas variáveis influenciam para que a expectativa de vida aumente. Entre essas variáveis estão serviços de saneamento ambiental, alimentação, índice de violência, poluição, serviços de saúde, educação, entre outros. 

Então segundo a ciência não seria possível um humano viver até os 900 anos. Obviamente não naquele tempo, inclusive a expectativa de vida era muito mais curta do que hoje, por falta de conhecimentos da medicina e da falta de higiene. Mas então o que fez com que os personagens da Bíblia vivessem tantos anos? As explicações mais aceitas são duas.

Quais são as duas teorias mais aceitas

A primeira é a de que as idades são de clãs e não de indivíduos. E a segunda é que a idade era calculada de maneira diferente. A Bíblia às vezes fala de um grupo de pessoas pelo nome de um indivíduo. Por exemplo no livro dos juízes é citado Judá e Simeão porém nesse contexto os nomes representam seu povo. A mesma coisa pode ter acontecido em gênesis. Sendo assim vamos supor que o clã de Adão pode ter governado por mais de 800 anos. Até que o clã de Sete começasse seu governo, que durou 912 anos. 

Essa visão de dinastias eliminaria a necessidade de tentar explicar as longas cenas das pessoas que viveram antes e depois do dilúvio. Já outra explicação é de que a alta quantidade de anos dos personagens se deve a um método diferente de calcular a idade. Todos sabemos que o calendário que usamos atualmente é o gregoriano

Contagem diferente do tempo

Personagens Bíblicos Viviam Muitos Anos, Mas Por que?

Mas antigamente a contagem do tempo era distinta, já foi constatado que as idades eram dadas de acordo com os meses lunares. E não com os anos solares. Dizer que eles calcularam a idade de maneira diferente faz todo sentido. Porém se formos calcular de acordo com os meses lunares Adão teria sido pai de Sete aos 11 anos, e Enoque teria apenas cinco quando Matusalém foi gerado.

E para finalizar de vez esse assunto muitos teóricos afirmam que possivelmente a Bíblia não é uma fonte matematicamente ou cientificamente precisa sobre a longevidade humana. Na verdade, o livro sagrado não é uma fonte precisa para qualquer outra coisa científica. Mas pensando bem é preferível acreditar que Deus tem sim o poder de fazer pessoas viverem tanto tempo assim. 

Mas e você, qual sua opinião sobre o assunto comente abaixo do artigo. A sua opinião é muito importante!